Virus News

Notícias de Vírus

2014janeirofevereiromarçoabrilmaiojunhojulho
2013janeirofevereiromarçoabrilmaiojunhojulhoagostosetembrooutubronovembrodezembro
2012janeirofevereiromarçoabrilmaiojunhojulhoagostosetembrooutubronovembrodezembro
2011janeirofevereiromarçoabrilmaiojunhojulhoagostosetembrooutubronovembrodezembro
2010janeirofevereiromarçoabrilmaiojunhojulhoagostosetembrooutubronovembrodezembro
2009janeirofevereiromarçoabrilmaiojunhojulhoagostosetembrooutubronovembrodezembro
2008fevereiromarçoabrilmaiojunhojulhoagostosetembrooutubronovembrodezembro

28 jan 2013   Notícias de Vírus

A maioria das pessoas continua sem saber identificar uma mensagem de Phishing

28 de Janeiro - Dia Internacional da Protecção de Dados

25 jan 2013   Notícias de Vírus

Scareware, o medo também é uma arma que os cibercriminosos usam para infectar dispositivos

Os cibercriminosos são cada vez mais engenhosos na hora de criar estratégias para tentarem infiltrar-se nos computadores das pessoas

14 jan 2013   Notícias de Vírus

Kaspersky Lab identifica operação Outubro Vermelho: uma nova campanha de ciber-espionagem avançada e de grandes dimensões, dirigida a organismos diplomáticos e governos de todo o mundo

 Registaram-se mais de 55.000 ligações feitas a partir de 250 endereços IP infectados em 39 países. A maioria das ligações procedia da Suíça, seguida do Cazaquistão e da Grécia.Os atacantes criaram um malware único capaz de roubar informação de sistemas informáticos de organizações, equipamentos de rede empresariais e telefones móveis.Os principais alvos desta campanha são países da Europa de Leste, antigas repúblicas da URSS e países da Ásia Central, embora tenham sido detectadas vítimas também na Europa Ocidental e América do Norte.Lisboa, 14 de Janeiro de 2013 – A Kaspersky Lab publica hoje um relatório de investigação que identifica uma nova campanha de ciber-espionagem, dirigida a organizações diplomáticas e centros de investigação científica e governamentais em vários países, que já opera há pelo menos cinco anos. Esta campanha dirige-se a países da Europa de Leste, a ex-repúblicas da antiga URSS e a países da Ásia Central, embora entre as vítimas se contem também organismos da Europa Ocidental e América do Norte.O principal objectivo dos criadores era obter documentação sensível das organizações comprometidas, que incluíssem dados de inteligência geopolítica, bem como credenciais de acesso a sistemas classificados de computadores, dispositivos móveis pessoais e equipamentos de rede.Em Outubro de 2012, a equipa

← Previous   |   Top Of Page   |   Next →

© 1997 - 2014 Kaspersky Lab

Todos os direitos reservados.