iCloud da Apple: Segurança e privacidade

15 jun 2011
Notícias de Vírus

Com a libertação do iCloud da Apple para os programadores, começou a batalha pelo domínio sobre o mercado dos sistemas operativos baseados na nuvem e o principal concorrente é o iOS5 – a nova plataforma da Apple que aproveita todas as vantagens oferecidas por este tipo de armazenamento.

Isto demonstra que a empresa está a caminhar exactamente na mesma direcção da Google e da Microsoft, ao projectar e implementar um sistema totalmente integrado na nuvem. A tese foi confirmada, na semana passada, por Steve Jobs, que afirmou que a Apple sempre quis criar um SO sem a necessidade de armazenamento local.

Mas curiosamente, a Apple escolheu um caminho diferente do da Google neste sentido: enquanto a Google – com o ChromeOS – tenta que os seus utilizadores façam uso do seu armazenamento na nuvem, o iCloud apresenta-se como uma característica adicional, necessária para efectuar compras na Apple.

O que significa isto do ponto de vista da segurança?

“Praticamente estamos a falar dos mesmos riscos. Tanto no iCloud como no ChromeOS, todo o conteúdo digital estará disponível para qualquer pessoa que souber a senha do utilizador. Considero imprudente, nos dias de hoje, oferecer este tipo de serviço sem solicitar duas autenticações, pois apenas o uso do login torna o sistema vulnerável a técnicas básicas de roubo de dados”, afirma Costin Raiu, director da Equipa Global de Investigação e Análise da Kaspersky Lab.

Tudo o que permaneça na nuvem, não só está apenas a uma password de distância dos ciber-criminosos, como ainda perdemos o controlo de onde se localiza e por quanto tempo ficará armazenada a nossa informação.

Além disso, acrescenta Costin, “mesmo que seja utilizado um sistema avançado, com múltiplas autenticações, não mudaremos o facto de que todos os dados estarão armazenados e disponíveis num só local, na nuvem. Conforme a Sony aprendeu recentemente, a nuvem não é imune a ataques. Pelo contrário, a sua natureza básica torna-a um alvo bastante atraente para os ciber-criminosos e, sem dúvida, será o foco de muitos deles”.

Acerca da Kaspersky Lab:

Kaspersky Lab é a maior companhia antivírus da Europa. A Kaspersky Lab proporciona uma das protecções mais imediatas do mundo contra ameaças à segurança informática, incluindo vírus, spyware, crimeware, hackers, phishing e correio spam. A companhia está entre os quatro primeiros fabricantes mundiais de soluções de segurança informática para utilizadores finais. Os produtos e soluções da Kaspersky Lab proporcionam um dos tempos de resposta mais rápidos e níveis de detecção mais elevados da indústria, tanto para utilizadores particulares, pequenas e médias empresas e grandes corporações, como para o ambiente informático móvel. A tecnologia da Kaspersky® também está incluída em produtos e serviços de outros criadores de soluções de segurança líderes da indústria informática. Leia mais na nossa página www.kaspersky.pt.

© 1997 - 2014 Kaspersky Lab ZAO.

Todos os direitos reservados.