Ameaças à segurança dos utilizadores do Facebook: Jogos online na mira dos ciber-criminosos

07 out 2010
Notícias de Vírus

Os jogos online gozam de uma grande popularidade junto da comunidade da Internet: só no Facebook há mais de 200 milhões de utilizadores por mês a usar algum dos seus jogos on-line [1]. O jogo mais popular é o FarmVille, com mais de 70 milhões de jogadores [2]. No entanto, neste mundo aparentemente divertido também se escondem alguns perigos. Há poucos dias, por exemplo, a empresa matriz do FarmVille, a Zynga, viu-se obrigada a cancelar assinaturas móveis e ofertas suspeitas que convidavam os jogadores a registar-se para poderem usufruir de serviços de Internet em troca de “dinheiro virtual” [3].

A crescente popularidade das aplicações para Facebook, como os jogos on-line, representa um aumento do risco para os utilizadores na forma de malware, phishing e ataques de hackers. A Kaspersky Lab dá aos utilizadores cinco conselhos para navegar no Facebook de uma forma segura e evitar serem vítimas de ciber-fraude.

Alguns dos conselhos para os utilizadores de jogos e aplicações:

  1. Se estiver disposto a gastar dinheiro real em bens virtuais, faça-o apenas através dos canais oficiais.
  2. Se receber mensagens de e-mail em que lhe são oferecidos cupões grátis para recarregar a sua conta virtual, apague-as de imediato. As hipóteses de acabar por ser vítima de práticas de phishing ou de ser infectado como consequência das mesmas são de quase 100%.
  3. Se for convidado a registar-se em jogos através de redes sociais, verifique primeiro a reputação do distribuidor do jogo.

Conselhos gerais de segurança para utilizar o Facebook:

  1. Verifique a sua configuração de protecção de dados: Deve especificar que informações os seus amigos podem ver, que informações são totalmente públicas e que direitos se reserva o Facebook. Portanto, ao registar-se numa rede social, preencha apenas os campos indispensáveis e seleccione a configuração mais conservadora. É melhor começar por se registar utilizando uma conta com dados inventados, o que lhe permitirá verificar a informação que passa a estar disponível na Internet.
  2. Tenha cuidado com o que publica: Os utilizadores do Facebook deveriam ter sempre em conta que um post demasiado revelador pode ser tão problemático como uma foto ou um vídeo de uma festa. No Facebook, nada é esquecido.
  3. Tenha cuidado com os falsos amigos: Os gestores das redes sociais não costumam verificar se o titular de uma conta de utilizador particular é quem diz ser. Portanto, os utilizadores devem avaliar cuidadosamente todos os novos pedidos de amizade. Em média, cada utilizador do Facebook tem 130 amigos na sua lista, sendo que alguns deles podem, na verdade, não ser “realmente” bons amigos [4].
  4. Proteja a sua própria identidade: Já ocorreram casos de usurpação de identidade em que os criminosos utilizaram perfis de utilizadores para chantagear as suas vítimas, que se vêm obrigadas a pagar dinheiro para evitar que a sua reputação seja arruinada online, com a publicação, por exemplo, de fotos comprometedoras. Os utilizadores podem, ainda, ser alvo de roubo da sua identidade e do “sequestro” das suas passwords através de ataques de phishing. Nestes casos, os mecanismos de protecção disponíveis no mercado, como os da solução de segurança Kaspersky PURE, são de grande utilidade.
  5. Evite ataques de malware: Pragas como a do worm Koobface propagam-se através das redes sociais, bem como através de outras vias mais tradicionais como o e-mail. As vítimas recebem um link que supostamente os leva a ver um “vídeo espectacular”, mas, em vez de ver esse vídeo, ao clicar sobre o link o PC é infectado e adicionado a uma “botnet” – uma rede de computadores infectados, utilizada para coordenar envios massivos de spam ou levar a cabo ataques conjuntos –, controlada por ciber-criminosos. Para se proteger contra estes ataques, é necessário recorrer a alguma das últimas soluções de segurança informática, como o Kaspersky Internet Security, por exemplo.

[1] Fonte: techcrunch.com

[2] Fonte: wikipedia.org

[3] Fonte: malwarehelp.org

[4] Fonte: facebook.com

Acerca da Kaspersky Lab:

Kaspersky Lab é a maior companhia antivírus da Europa. A Kaspersky Lab proporciona uma das protecções mais imediatas do mundo contra ameaças à segurança informática, incluindo vírus, spyware, crimeware, hackers, phishing e correio spam. A companhia está entre os quatro primeiros fabricantes mundiais de soluções de segurança informática para utilizadores finais. Os produtos e soluções da Kaspersky Lab proporcionam um dos tempos de resposta mais rápidos e níveis de detecção mais elevados da indústria, tanto para utilizadores particulares, pequenas e médias empresas e grandes corporações, como para o ambiente informático móvel. A tecnologia da Kaspersky® também está incluída em produtos e serviços de outros criadores de soluções de segurança líderes da indústria informática. Leia mais na nossa página www.kaspersky.pt.

© 1997 - 2014 Kaspersky Lab

Todos os direitos reservados.