Notícias de Spam

2014janeirofevereiromarçoabrilmaiojunhojulho
2013janeirofevereiromarçoabrilmaiojunhojulhoagostosetembrooutubronovembrodezembro
2012janeirofevereiromarçoabrilmaiojunhojulhoagostosetembrooutubronovembrodezembro
2011janeirofevereiromarçoabrilmaiojunhojulhoagostosetembrooutubronovembrodezembro
2010janeirofevereiromarçoabrilmaiojunhojulhoagostosetembrooutubronovembrodezembro
2009janeirofevereiromarçoabrilmaiojunhojulhoagostosetembrooutubronovembrodezembro
2008fevereiromarçoabrilmaiojunhojulhoagostosetembrooutubronovembrodezembro

21 out 2013   Notícias de Spam

“Ploutus”, o vírus que rouba caixas automáticas (ATM)

Lisboa, 21 de Outubro de 2013Kaspersky Lab alerta para este novo vírus detectado no México e que afecta principalmente os bancos, não os utilizadores, através das caixas automáticasO malware interage directamente com os serviços do programa que opera o ATM pelo que se suspeita que foi desenvolvido por quem tem amplo conhecimento do funcionamento destes sistemasTodos os dias aparecem novas ameaças informáticas nos dispositivos mais inesperados. Os cibercriminosos atacam sistemas GPS, Smart TVs, consolas de jogos,… e agora também caixas automáticas (ATMs). Além disso, a globalização económica e empresarial também já chegou ao cibercrime e os atacantes vêem esta zona geográfica como uma área atraente tanto para o desenvolvimento de novo malware como para o ataque a utilizadores e sistemas.A Kaspersky Lab alerta para a detecção no passado mês de Setembro de um novo código malicioso que afecta principalmente caixas automáticas (ATMs) de bancos no México. Este malware identificado como “Ploutus” facilita a extracção de dinheiro das caixas de forma não autorizada através um painel de controlo que permite definir a quantia.De acordo com a SpiderLabs, este malware conta com várias particularidades.A primeira delas é que requer um código de activação para poder funcionar. No momento da infecção, o código

← Previous   |   Top Of Page   |   Next →

© 1997 - 2014 Kaspersky Lab

Todos os direitos reservados.