Relatório Kaspersky Lab de Agosto: Spam atinge média de 70,2% de todas as mensagens de email

04 out 2012
Notícias de Spam

Em Agosto registou-se uma queda de 1,6% no número de emails não desejados, mas mesmo assim o spam já representa 70,2% de todas as mensagens de correio electrónico. Em 3,9% dessas mensagens foram encontrados ficheiros maliciosos. A percentagem de phishing mantém-se desde Julho nos 0,01%, concentrada sobretudo na banca online e nas redes sociais.

O conteúdo dos emails infectados está agora mais perigoso, chegando essas mensagens a publicitar bens ilegais e códigos maliciosos, bem como a oferecer os próprios serviços dos cibercriminosos. Um dos mais oferecidos é um método para ganhar dinheiro utilizando cartões bancários duplicados, ainda que nos emails não se explique especificamente o processo utilizado para sacar dinheiro dos caixas automáticos. Outro serviço publicitado é a venda de bases de dados para distribuir spam em diferentes países. Este tipo de “serviços” tornou-se muito conhecido durante os anos de 2008/09, pelo que podemos concluir que as pessoas tende a cometer mais este tipo de acções durante fases de conturbação económica.

As temáticas dos ficheiros anexos infectados foram em Agosto mais diversificadas do que em meses anteriores, embora a novidade neste mês tenha sido o amplo recurso a tácticas de phishing com ameaças de bloqueio do cartão bancário da vítima. Os emails com notificações de reservas de hotel continuaram a ser os protagonistas desta estação estival, ainda que curiosamente, ao contrário do que sucedeu em meses passados, não se tenha detectado um único email de spam sobre bilhetes de avião falsos.

No entanto, os assuntos “mais clássicos” como e-cards infectados, relatórios de envios postais ou notificações falsas de recepção de CVs por parte do Google continuaram a ser explorados. Com tanta diversidade nos temas, registou-se um efeito curioso: os spammers tornaram-se mais descuidados, enviando – por exemplo- notificações falsas de DHL mas com o serviço Booking como remetente.

Distribuição das reacções do antivírus de email por países

Pelo oitavo mês consecutivo, os Estados Unidos ocupam o primeiro posto nos alertas de antivírus, embora se tenha registado uma queda de três pontos percentuais comparativamente com Julho. A vizinha Espanha entrou em Agosto para o ranking dos 10 países com mais detecções, empurrando a Irlanda para fora desta lista.

Spam por categoria

A temática das finanças pessoais continua a ser a mais explorada, ainda que tenha vindo a perder destaque desde Julho (21,5%). Agosto foi testemunha da subida no número de mensagens de consumo de produtos e serviços. Outros temas que pudemos observar foram as ofertas de emprego – devido à subida generalizada do desemprego -, emails “farmacêuticos” e de casinos.

Para aceder ao relatório completo (em inglês), clique aqui.

© 1997 - 2014 Kaspersky Lab ZAO.

Todos os direitos reservados.