Comunicados de Imprensa

2014janeirofevereiromarçoabrilmaiojunhojulho
2013janeirofevereiromarçoabrilmaiojunhojulhoagostosetembrooutubronovembrodezembro
2012janeirofevereiromarçoabrilmaiojunhojulhoagostosetembrooutubronovembrodezembro
2011janeirofevereiromarçoabrilmaiojunhojulhoagostosetembrooutubronovembrodezembro
2010janeirofevereiromarçoabrilmaiojunhojulhoagostosetembrooutubronovembrodezembro
2009janeirofevereiromarçoabrilmaiojunhojulhoagostosetembrooutubronovembrodezembro
2008fevereiromarçoabrilmaiojunhojulhoagostosetembrooutubronovembrodezembro

28 mar 2014   Comunicados de Imprensa, Notícias de Vírus

Sete sintomas para saber se o seu smartphone Android está infectado

O sistema operativo da Google está a ser o principal objectivo dos cibercriminosos este ano. Hoje, o número de malware é seis vezes superior ao do ano passado e já alcançou as 140.000 amostras únicas. Mas afina, como podemos saber se o nosso dispositivo está infectado? E o que podemos fazer para o manter protegido?

26 mar 2014   Comunicados de Imprensa

Alejandro Quero é o novo Marketing Manager B2C da Kaspersky Lab Iberia

Alejandro Quero Sevilla junta-se à Kaspersky Lab Iberia como novo Marketing Manager B2C. Nas suas novas funções, Quero será o responsável por criar, definir e implementar o Plano de Marketing da companhia tanto em Portugal como em Espanha, assegurando a sua compatibilidade e sinergia com a estratégia de marketing corporativo do grupo. Além disso, irá responsabilizar-se por definir a estratégia de marketing local para o portefólio de produtos e serviços de consumo da companhia, em coordenação com outros departamentos da empresa.Alejandro Quero desenvolveu uma extensa e sólida carreira na área do marketing em empresas de segurança e tecnologia de grande peso no sector, como a Symantec, onde ocupou cargos a nível ibérico (Channel Marketing Manager) e posteriormente a nível europeu (Programs Marketing Manager EMEA). Anteriormente, este responsável também trabalhou no departamento de Marketing da Fujitsu Siemens, como Channel Marketing Specialist.Alejandro Quero é licenciado em Publicidade e Relações Públicas pela Universidade de Valladolid.

22 mar 2014   Comunicados de Imprensa

Porque querem os cibercriminosos o seu smartphone?

Porque querem os cibercriminosos o seu smartphone?

21 mar 2014   Comunicados de Imprensa

Próximo Mundial de Futebol: risco de spam e phishing

Não é a primeira vez que os cibercriminosos fixam o seu objectivo de ataque em eventos desportivos e o Mundial de Futebol do Brasil, que se celebra este Verão, não vai seguramente ser excepção. Este importante certame desportivo começa em Junho e os cibercriminosos já deitaram mãos à obra para obter o maior benefício possível.De acordo com a Kaspersky Lab, o principal objectivo dos cibercriminosos é chamar a atenção dos adeptos do futebol que compram bilhetes para os jogos na Internet e já começaram a engendrar ataques de phishing específicos para este fim, enviando emails com anexos ou links maliciosos.Os utilizadores que cliquem nestes links ou abram os anexos verão o seu equipamento infectado por malware, que os redirecciona para una página web falsa em que os cibercriminosos poderão roubar a sua informação pessoal, como dados de cartões de crédito ou credenciais de acesso á banca online. Segundo David Emm, analista sénior de Kaspersky Lab, já foram bloqueadas entre 40 e 50 páginas web fraudulentas só no Brasil. Na maioria dos casos, tratou-se de ataques de phishing, falsas ofertas ou páginas web fictícias para aquisição de bilhetes online para os jogos do campeonato.Como proteger-se das burlas online:É imperativo estar sempre

19 mar 2014   Comunicados de Imprensa

Kaspersky Lab analisa a ligação entre Turla e Agent.BTZ , o “pior ataque dirigido a equipamentos militares dos EUA"

Em 2013, o Agent.btz infectou 13.800 sistemas em mais de 100 países, entre os quais PortugalOs peritos da G-Data e da BAE Systems publicaram recentemente informação sobre uma operação de ciber-espionagem cujo nome de código é Turla (também conhecida como Snake ou Uroburos). Agora, a equipa de investigação e análise da Kaspersky Lab descobriu uma inesperada ligação entre Turla e o malware Agent.BTZ.Em 2008, o Agent.BTZ infectou a rede local do Comando Central dos Estados Unidos no Médio Oriente, provocando o que então foi classificado como "o pior ataque de sempre a computadores militares dos Estados Unidos". Os especialistas do Pentágono necessitaram de 14 meses para eliminar completamente a infecção do Agent.BTZ da rede militar. Esta má experiência levou à criação do Comando Cibernético dos EUA. Este worm, que parece ter sido criado por volta de 2007, tem a capacidade de obter informação sensível das vítimas e enviar dados para um servidor de comando e controlo remoto.Fonte de inspiraçãoA Kaspersky Lab conhece a campanha de ciber-espionagem Turla desde Março de 2013, altura em que os analistas da companhia investigavam um incidente com um rootkit altamente sofisticado. Originalmente conhecido como o " Rootkit Sun", baseado num nome de ficheiro utilizado como

14 mar 2014   Comunicados de Imprensa

Linux é vulnerável a um bug nos certificados da Apple

De uma forma muito discreta, no passado mês de Fevereiro, a Apple publicou a solução para um bug ou falha de software crítica existente na validação de certificados do iOS, que basicamente podia ter proporcionado a um atacante a capacidade de espiar as comunicações supostamente seguras.Embora o bug fosse crítico, este anúncio tardio passou bastante despercebido. No entanto, os alertas dispararam no dia seguinte, quando se concluiu que o bug não só afectou o sistema operativo iOS dos dispositivos móveis da Apple, como também o seu sistema operativo tradicional OSX. A trama tornou-se ainda mais complexa na semana passada, quando passou a ser evidente que um bug similar afectou o GnuTLS, um programa de software livre e de código aberto utilizado para implementar cifragem em várias distribuições do Linux e outras plataformas.Para a Kaspersky Lab, este bug de validação de encriptação no GnuTLS significa que todos os produtos desktop e de servidor da Red Hat, assim como todas as instalações do Debian e Ubuntu (Linux) contêm um erro que pode ser usado para rastrear as comunicações nesses dispositivos.Os efeitos deste bug afectam os sistemas de cima a baixo. Não só podem ser afectadas as sessões seguras de navegação web, como

← Previous   |   Top Of Page   |   Next →

© 1997 - 2014 Kaspersky Lab

Todos os direitos reservados.