Respeito e precaução, chaves para a educação na prevenção do ciberperigo

05 fev 2013
Comunicados de Imprensa

O respeito na Internet é fundamental para avançar numa sociedade ciber-segura. Deve-se promover o diálogo e o trabalho entre gerações e, por esse motivo, o slogan desta 10º edição é “Liga-te e respeita”

A Kaspersky Lab contabiliza, a nível mundial, um total de 60 milhões de tentativas por parte de menores de aceder a sites pornográficos por mês. Por hora, registam-se 160.000 tentativas por parte de menores de visualizar páginas com conteúdos para adultos

O ciber-perigo é uma realidade: por dia detectam-se 200.000 amostras de malware, mais de 500 websites comprometidos e 1.400 amostras de malware bancário


Lisboa, 4 de fevereiro de 2013 – A Kaspersky Lab, líder no desenvolvimento de sistemas de protecção contra software malicioso, ataques de hackers e spam, junta-se à celebração do Dia Internacional da Internet Segura do próximo dia 5 de Fevereiro, com o objectivo de promover em todo o mundo um uso responsável, respeitoso e seguro das novas tecnologias, para consciencializar todos os internautas sobre a necessidade de estarem seguros na Rede.

Os menores merecem uma especial atenção já que são o grupo mais vulnerável. Educar os mais pequenos para um uso correcto e positivo da Internet é uma tarefa que os pais devem assumir como parte de sua formação. A Kaspersky Lab contabiliza um total de 60 milhões de tentativas de aceder a sites pornográficos por mês. Regista, ainda, 160.000 tentativas por hora por parte de menores de visita a páginas com conteúdos para adultos.

Na sua 10º edição, o Dia de Internet Segura tem como slogan “Liga-te e respeita”, lema que a Kasperksy Lab apoia, oferecendo um kit básico de segurança com conselhos úteis para que todos os internautas possam fazer um uso positivo da grande ferramenta que é a Internet, conscientes dos perigos que nela existem.

Sabia que se detectam por dia…

  • 200.000 amostras de malware

  • Mais de 500 sites comprometidos, incluindo bancos e lojas online

  • 1.400 amostras de malware bancário

  • 230 keyloggers que registam os movimentos do teclado

  • 350.000 exploits

  • Cerca de 1.000  programas maliciosos para dispositivos móveis

A Kaspersky Lab explica-lhe como tornar o ciberespaço num lugar seguro e livre de malware seguindo estes simples conselhos:

  • Respeitar os outros internautas na rede. A convivência pacífica é possível evitando o assédio, o insulto, o envio de conteúdos maliciosos ou despropositados…Existe espaço mais que suficiente para todos na Internet.

  • Educar os menores no uso da Internet e tornar a figura dos pais numa referência de informação e ajuda em caso de assédio ou ciberbulling.

  • Ter precaução no uso de redes sociais. Só aceitar a pessoas que são conhecidas, ter cuidado com as fotos que se publicam e configurar as opções de privacidade de acordo com o uso que queremos fazer.

  • Sempre que descarregue informação, música, aplicações ou qualquer tipo de ficheiros há que fazê-lo a partir de sites de confiança. Há que ter especial cuidado com aplicações que pedem aceder aos dados do utilizador ou a informação confidencial

  • Não abrir em nenhum caso links procedentes de utilizadores desconhecidos, seja através de uma mensagem de texto, de um e-mail, do Facebook ou do Twitter.

  • Convém ignorar as mensagens de spam e SMS relacionados, encriptar os dados e documentos confidenciais, evitar o “jailbreak” ou “rooting” de smartphones iOS e Android

  • É necessário ter em conta também algumas medidas de segurança físicas como vigiar sempre o sítio onde se deixa o dispositivo e configurar senhas de acesso

  • Instalar uma solução de segurança completa em todos os dispositivos ligados à rede

Se necessitar de mais informação, pode aceder à nossa sala de imprensa online, o Kaspersky Lab Newsroom Portugal (http://newsroom.kaspersky.eu/pt/), disponível para todos os jornalistas. A sala de imprensa está desenhada explicitamente para facilitar aos jornalistas a localização de informação de produto e corporativa, notícias e dados, artigos, imagens, vídeos e ficheiros de áudio.

© 1997 - 2014 Kaspersky Lab ZAO.

Todos os direitos reservados.