Dia da Internet: Internet salta do computador para o smartphone e tablet

16 mai 2012
Comunicados de Imprensa

  • 67% dos portugueses dos utilizadores de smartphones em Portugal acede à Internet a partir do telemóvel, embora o método mais popular de acesso à Internet continue a ser o portátil ou netbook, utilizados por 77% dos portugueses para navegar na Web
  • O sistema Android tornou-se no principal alvo dos cibercriminosos nos últimos anos. Em 2012, prevê-se uma forte expansão de redes zombi móveis
  • Por ocasião do Dia da Internet, a Kaspersky Lab oferece alguns conselhos de segurança para todos os dispositivos móveis, com o objectivo de contribuir para a criação de um ciberespaço seguro e livre de malware

É inegável que a Internet nos mudou a vida a todos e por esse motivo a Kaspersky Lab junta-se à celebração do Dia da Internet no próximo dia 17 de Maio. No último ano, o uso de dispositivos móveis com ligação à Internet popularizou-se significativamente e, hoje, são quase imprescindíveis na vida das pessoas, tanto no âmbito pessoal como no profissional, já que oferecem praticamente as mesmas possibilidades operativas que um PC ou portátil.

A maioria dos portugueses utiliza os seus smartphones e tablets para consultar o email pessoal e as redes sociais, mas existe um número crescente de profissionais que usam estes dispositivos no seu trabalho diário, pelo que as suas necessidades de segurança são ainda maiores. De acordo com um estudo realizado pela Kaspersky Lab, 93% dos utilizadores de smartphones em Portugal armazena fotos nestes dispositivos, 88% documentos pessoais e 78% contactos de amigos, informação sensível que deve ser protegida.

Mas isso não significa que os smartphones dos portugueses estão, na realidade, protegidos. Segundo o estudo da Kaspersky Lab, só 30% dos utilizadores portugueses contam com uma solução antivírus instalada no seu smartphone, sendo que, no ano passado, a média europeia estava nos 12%. Naquele que é um importante contraste, refira-se que só 30% dos tablets em Portugal possuem soluções antivírus instaladas, enquanto 91% dos PC desktop já se encontram protegidos.

A grande maioria funciona com sistema operativo Android, que se tornou já no principal alvo dos smartcriminals nos últimos anos. Em 2012, prevê-se um forte crescimento das redes zombi móveis, devido à massificação dos smartphones, que já provocaram um aumentado exponencial das ameaças, cada vez mais sofisticadas.

O problema continua a ser a falta de consciencialização sobre a segurança nestes dispositivos móveis, ainda que para 75% dos utilizadores europeus a melhor opção seja uma solução de segurança multiplataforma, já que lhes permite gerir de forma centralizada a protecção dos seus PCs, smartphones ou tablets ao mesmo tempo.

Por ocasião do Dia da Internet, a Kaspersky Lab dá-lhe alguns conselhos de segurança para todos os dispositivos, com o objectivo de contribuir para um ciberespaço seguro:

  • Evitar a ligação a redes Wi-Fi públicas que não sejam fiáveis. Estas redes põem os dados armazenados nos nossos dispositivos móveis nas mãos dos cibercriminosos.
  • Sempre que descarregamos informação, música, aplicações ou qualquer tipo de ficheiros há que o fazer em redes de confiança. Há que ter especial cuidado com aplicações que pedem acesso aos dados do utilizador ou a informação confidencial
  • Não abrir em nenhum caso links procedentes de utilizadores desconhecidos, seja numa mensagem de texto, num email, no Facebook ou no Twitter.
  • É importante ter em conta se o software de segurança consegue apagar a informação de forma remota, o que permite proteger os dados pessoais ou o email em caso de perda ou roubo do dispositivo
  • É necessário actualizar constantemente o sistema operativo e aplicações em todos os dispositivos e ler com atenção as permissões que se atribuem a aplicações.
  • Convém eliminar as mensagens de spam e SMS relacionados, encriptar os dados e documentos confidenciais, evitar o “jailbreak” ou “roteamento” de smartphones iOS e Android
  • É necessário ter em conta também algumas medidas de segurança físicas, como saber sempre onde se deixa o dispositivo móvel e aplicar uma senha de acesso ao portátil, smartphone ou tablet

*Dados extraídos de:

  • Kaspersky Lab: “Estudo aos Hábitos e Riscos dos utilizadores de dispositivos móveis, tablets e PCs na Europa”

Mais informações sobre o Dia da Internet: www.diadeinternet.org

© 1997 - 2014 Kaspersky Lab

Todos os direitos reservados.