Comunicados de Imprensa

2014janeirofevereiromarçoabrilmaiojunhojulho
2013janeirofevereiromarçoabrilmaiojunhojulhoagostosetembrooutubronovembrodezembro
2012janeirofevereiromarçoabrilmaiojunhojulhoagostosetembrooutubronovembrodezembro
2011janeirofevereiromarçoabrilmaiojunhojulhoagostosetembrooutubronovembrodezembro
2010janeirofevereiromarçoabrilmaiojunhojulhoagostosetembrooutubronovembrodezembro
2009janeirofevereiromarçoabrilmaiojunhojulhoagostosetembrooutubronovembrodezembro
2008fevereiromarçoabrilmaiojunhojulhoagostosetembrooutubronovembrodezembro

13 jun 2014   Comunicados de Imprensa

Mundial 2014: Cibercriminosos aproveitam a afluência de turistas no Brasil para clonar cartões de crédito

Mundial 2014: Cibercriminosos aproveitam a afluência de turistas no Brasil para clonar cartões de crédito

27 mai 2014   Comunicados de Imprensa

Utilizadores do Android são as novas vítimas do Ransomware

Este tipo de Trojan, denominado ransomware, apostava até agora no ataque a computadores pessoais, não a dispositivos móveisKaspersky Lab propõe aos utilizadores algumas medidas simples para evitar as infecções oportunistas que, cada vez mais, afectam os dispositivos móveisUm novo tipo de programa malicioso está a atacar os dispositivos Android. Trata-se de um malware que infecta os smartphones e tablets dos utilizadores que se ligam a um domínio infectado com este Trojan de Ransomware, um software pernicioso que bloqueia o equipamento infectado e exige algo em troca do seu desbloqueio ou “libertação”. Neste caso, este vírus exige à vítima o pagamento de um resgate pecuniário para libertar o smartphone da sua actividade maliciosa, em que o utilizador é redireccionado para uma página web pornográfica na qual é levado a aceder a um ficheiro de aplicação que contém o malware. O dispositivo só é infectado se o seu dono aceder a instalar esta aplicação, já que o processo não é automático, segundo conta a Kaspersky Lab.Uma vez descarregado, este ransomware disfarçado de app pornográfica mostra uma janela com um texto em que se acusa al utilizador de visualizar e difundir material pornográfico através do dispositivo. Na mensagem lê-se também que o utilizador pode

23 mai 2014   Comunicados de Imprensa

Kaspersky Lab lança FriendorFoe, a app que permite avaliar a actividade do utilizador e dos seus contactos no Facebook

A Kaspersky Lab lança esta aplicação que analisa a actividade dos utilizadores e informa acerca das possíveis ameaças na rede social com mais ataques de phishing, 79,5% do totalA empresa de segurança informática e software Kaspersky Lab acaba de lançar a aplicação FriendOrFoe, uma app gratuita para Facebook que permite avaliar os amigos de cada utilizador na rede social. FriendOrFoe mostra que contactos são os que mais recomendam e comentam os seus posts do mural, informa acerca das possíveis ameaças que põe em risco a conta e ajuda a manter o perfil e dados pessoais seguros e sem acesso a terceiros.Esta ferramenta dirige-se também aos utilizadores interessados em analisar a sua actividade no Facebook através de estatísticas de monitorização. Desta forma, FriendOrFoe mostra quantos vídeos e fotografias o utilizador que tem a app instalada publica e o número de ‘likes’ recebidos, entre outros exemplos de estatísticas pensadas para os seguidores mais acérrimos da rede social. A Kaspersky Lab lançou esta ferramenta em português, espanhol, inglês, russo, alemão, francês, italiano, árabe e japonês. A empresa assegura que a aplicação estará disponível em mais idiomas ao longo dos próximos meses.“A maior rede social do mundo é um chamariz para os cibercriminosos que

21 mai 2014   Comunicados de Imprensa

Aumento das ciberguerras entre países põe as empresas em cheque

De acordo com a Kaspersky Lab, são cada vez mais habituais os ciberataques entre países, o que coloca em situação de vulnerabilidade as empresas face ao roubo de dadosSegundo o “Relatório Especial 'Quem nos espia? Nenhuma empresa está a salvo da ciberespionagem”, da empresa de segurança informática Kaspersky Lab, são cada vez mais habituais os actos de ciberguerra em que um país lança ciberataques contra outro, o que resulta frequentemente em ‘danos colaterais’ indesejados para as empresas.Com efeito, o lançamento de um ataque de ciberguerra contra um país na Internet pode provocar muitas consequências incontroladas e iniciar um efeito dominó que põe em cheque as instituições e empresas que nele operam, quando as suas redes de TI corporativas são infectadas por malware. Por exemplo:Perda do acesso ao armazenamento de dados e serviços cloudIncapacidade de processar transacções financeiras onlineProblemas com a cadeia de distribuição, como atrasos nos envios e no processamento de importações e exportaçõesFalhas nos sistemas de telecomunicações, incluindo as realizadas através de VoIP ou LANFalhas em outras infra-estruturas vitais do país, como a geração e distribuição de electricidadePerda de dados necessários para actividades de conformidade legal“Os cibercriminosos estão dispostos a aprender novas técnicas que possam melhorar a eficácia dos

14 mai 2014   Comunicados de Imprensa

As 5 grandes ameaças aos jogadores online segundo a Kaspersky

Os jogos online não são exclusivos das crianças. Hoje em dia, este tipo de actividade é muito comum e não tem limite de idade. O êxito de apps para dispositivos móveis e tablets, como o Candy Crush ou videojogos para PC como World of Tanks, fez com que os cibercriminosos tenham começado a apontar as suas armas a este tipo de entretenimento. Desde um mero ataque de phishing até um ataque sofisticado ao criador do jogo através de exploits como Heartbleed, os cibercriminosos podem afectar seriamente a actividade do jogo e inclusive a carteira dos utilizadores.A Kaspersky preparou uma lista com as 5 grandes ameaças que qualquer jogador online pode enfrentar:Phishing: Trata-se de uma táctica bastante eficaz no mundo dos jogos online. Através de emails falsos com links para páginas web fraudulentas, os hackers tentam apoderar-se das credenciais de acesso ou dos dados do cartão de crédito do utilizador para roubar informação pessoal ou dinheiro. Os cibercriminosos criam páginas web falsas de determinados jogos online muito parecidas com as originais e pedem aos utilizadores que alterem a password de acesso ou verifiquem a conta para conseguir deitar a mão aos seus dados.Ciber-assédio: Hoje em dia, praticamente qualquer jogo online inclui

07 mai 2014   Comunicados de Imprensa

Kaspersky apresenta nova solução de segurança “Light Agent” para proteger cenários virtuais

Kaspersky apresenta nova solução de segurança “Light Agent” para proteger cenários virtuais

28 mar 2014   Comunicados de Imprensa, Notícias de Vírus

Sete sintomas para saber se o seu smartphone Android está infectado

O sistema operativo da Google está a ser o principal objectivo dos cibercriminosos este ano. Hoje, o número de malware é seis vezes superior ao do ano passado e já alcançou as 140.000 amostras únicas. Mas afina, como podemos saber se o nosso dispositivo está infectado? E o que podemos fazer para o manter protegido?

26 mar 2014   Comunicados de Imprensa

Alejandro Quero é o novo Marketing Manager B2C da Kaspersky Lab Iberia

Alejandro Quero Sevilla junta-se à Kaspersky Lab Iberia como novo Marketing Manager B2C. Nas suas novas funções, Quero será o responsável por criar, definir e implementar o Plano de Marketing da companhia tanto em Portugal como em Espanha, assegurando a sua compatibilidade e sinergia com a estratégia de marketing corporativo do grupo. Além disso, irá responsabilizar-se por definir a estratégia de marketing local para o portefólio de produtos e serviços de consumo da companhia, em coordenação com outros departamentos da empresa.Alejandro Quero desenvolveu uma extensa e sólida carreira na área do marketing em empresas de segurança e tecnologia de grande peso no sector, como a Symantec, onde ocupou cargos a nível ibérico (Channel Marketing Manager) e posteriormente a nível europeu (Programs Marketing Manager EMEA). Anteriormente, este responsável também trabalhou no departamento de Marketing da Fujitsu Siemens, como Channel Marketing Specialist.Alejandro Quero é licenciado em Publicidade e Relações Públicas pela Universidade de Valladolid.

22 mar 2014   Comunicados de Imprensa

Porque querem os cibercriminosos o seu smartphone?

Porque querem os cibercriminosos o seu smartphone?

21 mar 2014   Comunicados de Imprensa

Próximo Mundial de Futebol: risco de spam e phishing

Não é a primeira vez que os cibercriminosos fixam o seu objectivo de ataque em eventos desportivos e o Mundial de Futebol do Brasil, que se celebra este Verão, não vai seguramente ser excepção. Este importante certame desportivo começa em Junho e os cibercriminosos já deitaram mãos à obra para obter o maior benefício possível.De acordo com a Kaspersky Lab, o principal objectivo dos cibercriminosos é chamar a atenção dos adeptos do futebol que compram bilhetes para os jogos na Internet e já começaram a engendrar ataques de phishing específicos para este fim, enviando emails com anexos ou links maliciosos.Os utilizadores que cliquem nestes links ou abram os anexos verão o seu equipamento infectado por malware, que os redirecciona para una página web falsa em que os cibercriminosos poderão roubar a sua informação pessoal, como dados de cartões de crédito ou credenciais de acesso á banca online. Segundo David Emm, analista sénior de Kaspersky Lab, já foram bloqueadas entre 40 e 50 páginas web fraudulentas só no Brasil. Na maioria dos casos, tratou-se de ataques de phishing, falsas ofertas ou páginas web fictícias para aquisição de bilhetes online para os jogos do campeonato.Como proteger-se das burlas online:É imperativo estar sempre

← Previous   |   Top Of Page   |   Next →

© 1997 - 2014 Kaspersky Lab

Todos os direitos reservados.